Busca de Produtos



PRODUTOS
Experimento pelo Método de Thomson e/m
Cód. HO-ED-EM-03
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Com esse sistema é possível abordar diversos tópicos referente ao experimento pelo Método de Thomson e/m. Além dessas vantagens temos em vista que o dispositivo é muito fácil de se utilizar, garantindo assim uma melhor segurança para os instrutores e professores na hora de suas explicações. O lay-out do kit é planejado para se obter um fácil manuseio de seus recursos. É fornecido também documentações técnicas completa de utilização do VIVACITY DIDACTIC com manuais técnicos das bancadas para operação e configuração ou parametrização do conjunto; roteiros de experimentação com informações teóricas e atividades práticas dos experimentos em mídia e impresso na língua portuguesa. Garantia e suporte técnico para solucionar todas dúvidas referente ao dispositivo e suas diversas formas de aplicação.
Mais Detalhes do Produto
INTRODUÇÃO
 
O equipamento é projetado para a medição da relação de carga/massa (e/m) do elétron. Este aparelho também facilita a demonstração de efeitos de campos elétricos e magnéticos em uma partícula carregada em movimento. Sendo constituído por um tubo de feixe fino de elétrons conhecido como tubo e/m, um par de bobinas Helmholtz e uma caixa de controle eletrônico. O tubo e/m consiste num filamento de cátodo, um ânodo para aceleração e um par de placas de deflexão. O aquecedor transfere energia térmica ao cátodo, que emite elétrons. Os elétrons são acelerados pelo potencial aplicado entre o cátodo e o ânodo.
 
A rede é mantida positiva em relação ao cátodo e negativa em relação ao ânodo. O tubo é preenchido com hélio a baixa pressão. O tubo de elétron é colocado entre um par de bobinas de Helmholtz.
 
TÓPICOS RELACIONADOS
  • Razão e/m 
  • Cátodo
  • Ânodo
  • Bobina de Helmholtz
  • Força de Lorentz
EXEMPLO DE EXPERIMENTO
 
Medir a Relação Carga/Massa dos Elétrons (e/m)
 
A unidade de controle eletrônico fornece os requisitos de energia para o tubo e bobina Helmholtz. A bobina de Helmholtz é um par de bobinas separadas por uma distância do raio da bobina. O tubo e/m gera um feixe fino de elétrons aplicando uma tensão para acelera-los. As colisões dos elétrons com as moléculas de gás excitam-as e emitem luz em uma bainha cilíndrica em torno do feixe de elétrons. À medida que as moléculas excitadas perdem energia cinética, a trajetória dos elétrons tornam-se visíveis.
 
Este aparelho e/m também é usado para demonstrar a deflexão do feixe de elétrons usando as placas de deflexão. Quando aplicamos corrente para a bobina de Helmholtz, um campo magnético uniforme é gerado e, como resultado, o feixe fino de elétrons muda trajetória retilinia para circular. Através da medição do potencial elétrico (V) que acelera os elétrons, a corrente elétrica (I) através das bobinas de Helmholtz e o raio (r) do feixe de elétrons circulares, podemos descobrir a razão da massa de elétrons.
 
CARACTERÍSTICAS
 
Excelente para medições precisas da relação carga/massa.
Observação clara da trajetória circular do feixe de elétrons.
Possível mudança no sentido da corrente elétrica na bobina Helmholtz.
 
 
 
 
ESPECIFICAÇÕES
 
Tensão elétrica (V) para aceleração dos elétrons: 0 - 250VDC
Corrente elétrica (I) através das bobinas de Helmholtz: 0.5 - 2.5A, reversível
Tensão da placa de deflexão: 50 - 250V, reversível
Visor: Visor LCD de duas linhas
Fonte de alimentação: 220VAC, 60Hz
 

 

Av Dr Luis Arrobas Martins 229, Vila Friburgo - 04781-000 - Sao Paulo - SP - (11) 5521-4966 - vivacity@vivacity.com.br