Busca de Produtos



PRODUTOS
Experimento de Franck Hertz
Cód. HO-ED-EM-04
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Com este aparelho é possível abordar diversos tópicos referente ao experimento de Franck-Hertz. Sendo um kit fácil de utilizar, garantindo uma melhor segurança para os instrutores e professores na hora de suas explicações. É fornecido também documentações técnicas completa de utilização do VIVACITY DIDACTIC com manuais técnicos, roteiros de experimentação com informações teóricas e atividades práticas dos experimentos em mídia e impresso na língua portuguesa. Garantia e suporte técnico para solucionar todas dúvidas referente ao dispositivo e suas diversas formas de aplicação.
Mais Detalhes do Produto

O Aparelho Franck - Hertz (Modelo No. HO-ED-EM-04) foi projetado para verificar a existência de estados quantificados. O instrumento pode, não só levar a uma ponto gráfico na curva do espectro de amplitude por meio de medição ponto a ponto, mas também exibir diretamente a curva do espectro de amplitude na tela do osciloscópio.

O experimento de Franck-Hertz é uma experiência de física quântica fundamental que confirmou a quantificação dos níveis de energia atômica. Este experimento é compatível com o átomo modelo de Bohr. Os aparelhos utilizados para experimentar consistem em um tubo com gás de baixa pressão, equipado com quatro eletrodos.

Os quatro eletrodos são: um cátodo indiretamente aquecido, revestido com óxido, como fonte elétron. Neste experimento, o feixe de elétrons é produzido por emissão termônica de um filamento. Os elétrons são acelerados, passados através do vapor e eles retardam (desacelerados) por alguns volts antes da coleta no ânodo. Tudo isso ocorre em um tubo cheio de árgon.

Exemplo de experimentos:

• Para medir o potencial de excitação do Argônio usando o método de Franck-Hertz

• Verificar se os sistemas atômicos possuem níveis de energia discretos de bombardeio de elétrons e observando a diferença nos níveis de energia.

Quando um elétron tem uma colisão inelástica com um átomo de argônio, a energia cinética perdeu o átomo faz com que um dos elétrons orbitais externos seja empurrado para o próximo nível de energia mais alto. Este elétron excitado, dentro de um curto período de tempo, recai no nível do estado de fround, emitindo energia nos fótons do formo f. O elétron de bombardeio original é novamente acelerado em direção ao ânodo da grade e essa energia de excitação pode ser medida.

 

 

Tópicos relacionados:

- Quantização da energia

- Energia de excitação

- Colisão de elétrons

- Colisão inelástica

Na curva de amplitude do espectro, a diferença de tensão entre dois pontos de pico consecutivos é o primeiro potencial de excitação do átomo de argônio. Este experimento ilustra o fato de que os elétrons no tubo de Franck Hertz colidem com átomos de argônio e excitam os átomos do nível baixo ao alto. Ao medir o primeiro potencial de excitação do argônio, podemos verificar que a energia absorvida e transmitida é discreta, não contínua.

 

Av Dr Luis Arrobas Martins 229, Vila Friburgo - 04781-000 - Sao Paulo - SP - (11) 5521-4966 - vivacity@vivacity.com.br