Busca de Produtos



PRODUTOS
Planta de Controle de Processo com Software Supervisório de Gerenciamento
Cód. CP33
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Planta didática com depósito de processo pressurizado e instrumentação industrial para controle de nível, pressão, temperatura e vazão, possibilitando também o estudo do comportamento dos respectivos sensores, das características de todos os processos e com possibilidade de controle através em malha fechada utilizando algoritmo PID.
Mais Detalhes do Produto

Desenvolvido, para  uso  com  fins  didáticos  em  laboratório  de  controle  de  processos demonstrando aos alunos o real processo que usualmente é utilizado nas indústrias. Estrutura é composta por uma robusta bancada em perfilado de alumínio fosfatizado com acabamento em PVC preto, e rodízios para transporte podendo assim ser facilmente transportada.

Sendo  uma  ferramenta  excelente  para  o aluno  iniciar o contato  com  sistema  de controle industrial, permitindo o tratamento  das  variáveis  através  de malhas  de controle e sistema  supervisório  SCADA colocando em  prática  os conhecimentos adquiridos  em  aula  e permitindo estar mais bem preparado para o mercado de trabalho através de práticas reais.

COMPONENTES DO SISTEMA

01 (um) Inversor de frequência;

01 (um) Controlador Lógico Programável CLP;

01 (uma) bomba centrífuga com potência mínima de 1,5 CV para enchimento do reservatório principal e secundário instalado na parte inferior da estrutura, com as seguintes características mínimas: alimentação elétrica 220380 v trifásico / 60hz, conexões das linhas: 1½” NPT com redução para 1¼” NPT; pressão de operação na saída: 1200 mmh2o; vazão na pressão de operação de saída: 20 l/min a 50 l/min;

01 (um) Reservatório principal cilíndrico em acrílico cristal de espessura de 10 mm, com dimensões de 400 mm de diâmetro e 800 mm de altura;

Na parte lateral deste reservatório estão os pontos de tomadas com linhas e medidores de nível que deverão obrigatoriamente detalhados e especificados na proposta.

Na parte inferior do reservatório deverá estar instalada uma válvula solenoide de dreno para o reservatório de alimentação, situado na parte inferior da estrutura e uma válvula de bloqueio tipo esfera de com conexão rosca manual possibilitando um alinhamento manual.

Na parte superior deverá conter linha para alimentação de água com válvula solenoide tipo 2 vias NF, válvula de bloqueio tipo esfera.  

01 (um) Reservatório em aço inox cilíndrico com dimensões de 300mm de diâmetro e 400mm de altura com tubulação de entrada e ponto para saída de fluxo de água, contendo 01 (um) manômetro tipo petroquímico com diâmetro mínimo de 4 ½”;

01 (um) Transmissor de nível por pressão diferencial; material dos flanges e adaptadores em aço carbono niquelado; material da purga em aço inox; alimentação: 24 vdc; saída: 4 a 20ma (2 fios) e configuração no mínimo parcial diretamente no instrumento; indicação local com display LCD, material do elemento: AISI 316L; invólucro em alumínio; fluido do processo água;

02 (duas) Chaves de nível instaladas na parte superior do reservatório principal, outra instalada na parte superior do reservatório secundário com as seguintes características: conexão ao processo: roscada; fluído de operação: água; ligações elétricas: contato seco ou saída com dispositivo eletrônico Inter travada com a bomba, de tal forma que a mesma desligue automaticamente quando a chave for atuada;

01 (um) Transmissor de pressão manométrica para medir a pressão do reservatório, com as seguintes características: material dos flanges e adaptadores: aço carbono niquelado; material da purga: aço inox; tipo do elemento: diafragma metálico; faixa: 0,625 a 25 bar (permitido variação de +/- 20%); alimentação: 24 VDC; saída: 4 a 20 mA; indicação local com display LCD, material do elemento: AISI 316L; invólucro em alumínio; fluido do processo: ar atmosférico; pressão máxima: 7 kgf/cm2; ajuste de zero e span local;

01 (uma) Válvula regulador de pressão para estabilização da pressão na linha do borbulhador com as seguintes características: pressão máxima de entrada: 8 kgf/cm2; faixa de pressão ajustável na saída: 0 a 4 kgf/cm2;

01 (um) Manômetro para conexão ao processo tipo reta com escala de 0 a 3 kgf/cm2 e indicação dupla em psi e kgf/cm2, instalado em posição com boa visibilidade, preferencialmente na parte superior do reservatório;

01 (um) Pressostato em aço inox; sensor tipo diafragma em buna, teflon ou aço inox para utilização com ar comprimido; caixa e tampa de acesso em alumínio à prova de tempo; tampa fixada por parafuso ou rosca; parafuso do ponto de ajuste no interior da caixa; repetibilidade melhor que 1% da faixa; diferencial ajustável entre 10 e 30% da faixa; faixa de ajuste 0 a 2,5 kgf/cm2, ajustado para 1,5 kgf/cm2, instalado em posição com boa visibilidade, preferencialmente na parte superior do reservatório;

02 (dois) Transmissores de temperatura com sensor tipo PT100 ajustado para faixa de 0 a 100ºc e sinal de saída 4 a 20 mA (ligação à 2 fios), instalado após a chave de fluxo em linha; resistência elétrica blindada de potência informada na proposta e adequada para aquecimento de todo o líquido do sistema com um gradiente de 40ºc/h com interface de potência para controle com sinal de 4 a 20 mA para ser controlado pelo CLP;

01 (um) Termômetro reto tipo capela com enchimento em álcool e escala de 0 a 100 ºC; termostato com detecção e acionamento em 100ºc para proteção do circuito de potência;

01 (um) Rotâmetro com faixa de trabalho mínimo de 5000 l/h; temperatura máx. de 60 ºC, instalado após o transmissor de vazão na linha de saída do reservatório;

01 (uma) Chave de fluxo instalada após o rotâmetro ajustada para vazão a partir de 500 L/H;

01 (um) Transmissor de vazão por pressão diferencial tipo diferencial; material dos flanges e adaptadores em aço carbono niquelado; material da purga em aço inox; tipo do elemento com diafragma metálico; calibração de 0 a 750 mmh2o; alcance: 0,0125 a 0,5 bar (permitido variação de +/- 20%); exatidão: +/- 0,1 % span; alimentação: 24 VDC; saída: 4 a 20ma (2 fios); configuração parcial diretamente no instrumento; indicação local com display lcd, material do elemento: AISI 316L; invólucro em alumínio; pressão máxima: 2 kgf/cm2; ajuste de zero e span local (para medição de pressão diferencial na placa de orifício);

01 (uma) Placa de orifício 3/4 ” em aço inox 316 com flange; válvula de controle de  diâmetro 1" NPT, normalmente fechada, classe 150 LBS. Atuador tipo diafragma, corpo em aço carbono e internos em aço inox, posicionador eletro pneumático com sinal de entrada de 4 a 20 mA e saída de 3 a 15 PSI;

04 (quatro) Válvulas manuais tipo esfera de 2 vias, corpo em aço carbono e esfera em aço inox;

01 (uma) Válvulas de 3 vias tipo esfera, tipo divergente; corpo em aço carbono e esfera em aço inox;

04 (quatro) Válvulas solenóide tipo 2 vias NF 1/2” NPT, tensão 24 VDC instalada na parte superior e inferior dos reservatórios;

SOFTWARE SUPERVISÓRIO

Software supervisório  permite  a configuração  de  aplicativo,  diagnóstico  de eventos  e gerenciamento  deativos  e interface  para  visualização  de  processo,  configuração  e utilização dos aplicativos do CLP. A  operação  da  planta permite  as  alterações  nas  variáveis  controladas  na  forma  de alteração de referência bem como alteração de carga. O supervisório com aplicativo para monitoramento via Web, permitindo monitoramento remoto das variáveis e da operação da planta.

Av Dr Luis Arrobas Martins 229, Vila Friburgo - 04781-000 - Sao Paulo - SP - (11) 5521-4966 - vivacity@vivacity.com.br